Gestão e Reciclagem de Resíduos, Lda.
 
 
 
 

Definições

Termos mais utilizados Gestão Resíduos

Aterro Sanitrio

Unidade construda de modo a proteger o solo, o ar e a gua, onde se depositam os resduos controladamente. Depois de cheio, o aterro encerrado e recuperado paisagisticamente.

Eco-eficincia

Corresponde a produzir e/ou criar mais valor com menos recursos e menos resduos, menos riscos e menos poluio ao longo do ciclo de vida do produto e/ou servio, estimulando a competitividade, a inovao e o grau de responsabilidade social da empresa.

Eliminao de resduos

Consiste em qualquer operao com vista a um destino final adequado dos resduos e inclui o Aterro, a Incinerao e o Tratamento fsico-qumico.

Incinerao

Processo de combusto controlada dos resduos em que estes so queimados e transformados em pequenas quantidades de resduos inertes, no inertes e gases, com produo ou no de energia.

Modelo de registo de resduos industriais

A Portaria n. 792/98, de 22 de Setembro, que aprova o modelo do mapa de registo de resduos industriais e que revoga a Portaria n. 189/95, de 20 de Junho, determina que cada produtor de resduos industriais deve obrigatoriamente preencher o mapa de registo, identificando os registos de acordo com o Catlogo Europeu de Resduos (CER).

Reciclagem

Reprocessamento dos resduos, para o fim original ou para outros fins, considerando-se includos neste tipo os seguintes processos: compostagem e recuperao.

Recuperao (regenerao)

Processo de reciclagem por um tratamento que visa obter, de um produto usado, um produto no mesmo estado e com propriedades iguais s originais, tornando-o apropriado sua utilizao inicial.

Recolha indiferenciada

Recolha em que no existe uma separao prvia dos resduos; estes so colocados misturados nas viaturas de recolha.

Recolha selectiva

Recolha em que os resduos devem ser previamente separados podendo ser recolhidos em contentores diferenciados e apropriados. Face aposta crescente neste tipo de recolha, expectvel o seu desenvolvimento acentuado nos prximos anos.

Resduos

Quaisquer substncias ou objectos de que o detentor se desfaz ou tm inteno ou obrigao de se desfazer, nomeadamente os previstos na Portaria n. 209/2004 de 3 de Maro, de 5 de Setembro, que aprova a lista harmonizada, que abrange todos os resduos, designada por Lista Europeia de Resduos (LER).

Resduos Industrias

Os resduos gerados em actividades industriais, bem como os que resultem das actividades de produo e distribuio de electricidade, gs e gua.

Resduos Perigosos

Os resduos que apresentem caractersticas de perigosidade para a sade ou para o ambiente, nomeadamente os definidos na Portaria n. 818/97, de 5 de Setembro, em conformidade com a Lista de Resduos Perigosos, constante da Deciso do Conselho da Unio Europeia n. 94/904/CE.

Tratamento fsico-qumico

Processos fsicos e/ou qumicos atravs dos quais os resduos so tratados de modo a proteger o ambiente e a sade humana. Destes processos resultam lamas que so enviadas para aterros.

Tratamento e destino final dos Resduos

Processos mecnicos, fsicos ou biolgicos que alteram as caractersticas dos resduos de forma a reduzir o seu volume ou perigosidade e a facilitar a sua movimentao, valorizao ou eliminao.

Valorizao

Traduz-se numa operao que permita o reaproveitamento dos resduos nomeadamente atravs da Reciclagem e da Valorizao Energtica.

Valorizao energtica

Utilizao dos resduos combustveis para produo de energia atravs da incinerao directa com recuperador de calor.

 
Gesto Global e Integrada de Resduos