Gestão e Reciclagem de Resíduos, Lda.
 
 
 
 

Reciclagem Resíduos Construção e Demolição

Entre em contacto com a nossa área comercial e conheça as nossa condições para resíduos construção em particulares e empresas!

A Renascimento possui 3 unidades de triagem, processamento e reciclagem de resíduos de construção e demolição ( RC&D)

A rea de negcio de Reciclagem Resduos Construo na Renascimento suportado pela experincia da empresa e pelas infra-estruturas existentes e tm como principal objectivo a definio de uma estratgia que permita empresa e aos seus clientes da rea da construo e demolio atingir elevadas metas de reciclagem e reutilizao de resduos.

A Renascimento possui 3 unidades de triagem, processamento e reciclagem de resduos de construo e demolio ( RC&D).

A Renascimento est licenciada para o armazenamento, triagem, valorizao, e reciclagem de resduos de construo e demolio ( RC&D) possuindo equipamentos, meios humanos e tcnicos para essas operaes, de forma a maximizar a reutilizao e reciclagem destes produtos, visando assim dar resposta a um dos principais problemas sentidos pelo sector da construo civil em Portugal.

Ao serem recepcionados os resduos so sujeitos a uma operao de controlo de qualidade e em funo das suas caractersticas, qualidade, estado de contaminao com outros materiais so objecto de valorizao, reciclagem ou tratamento.

Os resduos da construo e demolio so normalmente recolhidos selectivamente, e so na sua maioria transportados para as instalaes da Renascimento, onde so sujeitos a operaes de triagem e processamento de forma a serem encaminhados para reutilizao, reciclagem, tratamento, incinerao ou para deposio em aterros legais.

O transporte de resduos de construo e demolio (RCD) deve ser acompanhado de guias de acompanhamento de resduos, cujos modelos constam dos anexos I e II presente portaria, da qual fazem parte integrante.

O modelo constante do anexo I deve acompanhar o transporte de RCD provenientes de um nico produtor ou detentor, podendo constar de uma mesma guia o registo do transporte de mais do que um movimento de resduos.

O modelo constante do anexo II deve acompanhar o transporte de RCD provenientes de mais do que um produtor ou detentor.

Esta rea visa disponibilizar aos parceiros da Renascimento assistncia tcnica e ambiental e assegurar ainda o reconhecimento pblico junto dos actores chave do mercado.

Dever ser elaborado em conjunto um plano de gesto de resduos para todas as mdias e grandes obras de construo e demolio. Este PGI deve incluir todos os passos previstos que permitam atingir as metas de reciclagem e reutilizao definidas para o projecto em causa.

Como gerir resduos da Construo? Passos fundamentais para garantir a reciclagem de resduos construo :
  • 1. Planear a Gesto de Resduos previamente ao arranque da obra, nomeadamente: tipologia dos resduos, quantidades, forma de gesto; tipo de acondicionamento, etc.
  • 2. Separar os resduos na Origem logo aps a sua produo e planear o seu acondicionamento e transporte at ao parque de contentores.
  • 3. Criar solues especficas consoante os resduos produzidos, sejam de reutilizao, reciclagem , valorizao ou at aterro.
  • 4. Estabelecer um plano ambientalmente correcto para identificao, gesto e tratamento dos resduos perigosos, incluindo a gesto dos solos contaminados, leos, amianto. Garantir que os resduos perigosos so sinalizados e colocados em locais vedados e protegidos.
  • 5. Estabelecer e planear parques de resduos em obra.
  • 6. Garantir o encaminhamento dos resduos sempre que possvel para entidades licenciadas e reconhecidas.
  • 7. Sempre que possvel prever a utilizao de tecnologias centrais de separao dos resduos de RCD.


Como ponto fundamental o projecto prev a demolio selectiva de modo a optimizar a separao e o aproveitamento de todos os materiais reciclveis e valorizveis.

Recomenda-se assim os seguintes princpios de gesto resduos da construo:
  • Remoo de todos os materiais perigosos antes de qualquer outro material, tais como o amianto, lmpadas, ar condicionado, leos, etc.
  • Remoo e separao de todos os materiais reciclveis e ou valorizveis, tais como o ferro, madeira, vidros, cabos, etc.
  • Remoo de todos os materiais no reciclveis, tais como material isolamento.
  • Em funo da dimenso da obra, colocar uma maquina britadeira com a funo de britar o beto e separar o ferro do beto. Desta forma possvel reutilizar o beto em obra ( desde que cumpra requisitos legais e outros).
  • Prever a reduo do consumo de matrias primas virgens, utilizando por exemplo os agregados reciclados em obra e terras de escavao.
  • Aumentar a eficincia da utilizao de energia e guas, reutilizando por exemplo as aguas de lavagem, ou atravs da colocao de sistemas de lavagem de rodados com reutilizao de aguas e bacias de decantao.
  • Reduzir os impactos da obra na sua envolvente atravs da diminuio de eventuais derrames e prevenindo a emisso de poeiras e partculas ( atravs sistemas lavagem rodados, cargas tapadas, etc).
 
Reciclagem Resíduos Construção e Demolição