Gestão e Reciclagem de Resíduos, Lda.
 
 
 
 

Combustível Derivado Resíduos - CDR

Combustível Derivado Resíduos -CDR

Combustvel Derivado Resduos, CDR RenascimentoDa triagem dos Resduos Industriais Banais (RIB) e dos Resduos de Construo e Demolio (RCD) efetuada nas unidades de recepo e tratamento de resduos da Renascimento, resulta uma parte de material que diretamente processada e tratada, de forma a ser encaminhada para reciclagem.


Existe uma outra parte significativa dos mesmos resduos que tratada e processada de forma a ser encaminhada como Combustvel derivado de Resduos (CDR).


Existe, ainda, uma outra fraco, no reciclvel, que pelas suas caractersticas, normalmente dirigida para deposio em aterro.


A frao enviada como CDR , essencialmente, material de natureza orgnica (txteis, papel, carto, plsticos, madeira, borracha, etc) que representa um precioso recurso dada a sua natureza combustvel e, em regra geral apresentam um elevado poder calorfico. Logo, representa uma oportunidade excelente a explorar atendendo aos seus benefcios ambientais e econmicos.


A valorizao dos CDR vai de encontro aos princpios das polticas energticas e ambientais europeias e nacionais, que assentam na procura de fontes de energia primria de natureza no fssil, na reduo das emisses de CO2, na minimizao da deposio de resduos em aterro e no respeito pela hierarquia da gesto de resduos.


Alm disso, a produo de CDR permite aumentar a auto-suficincia energtica nacional, libertar quotas de emisses para o cumprimento do Protocolo de Quioto e incrementar o tempo de vida til dos aterros.


Existe em Portugal, um mercado j constitudo pelas grandes instalaes consumidoras de combustveis fsseis (cimenteiras, centrais termoelctricas a carvo, indstria da pasta e papel, cermicas, etc), que beneficiam com o uso de um combustvel de substituio de origem renovvel, com uma frao significativa de carbono biognico.


As centrais de biomassa tambm podero vir a ser consumidores de CDR, j que este pode constituir at 10% (em termos de energia) do combustvel utilizado.


A combusto de CDR pode, ainda, vir a ser feita em unidades dedicadas e localizadas, de preferncia, junto ao ponto de produo e a consumidores de energia ou, ainda, nas centrais de incinerao de RSU. Todas estas instalaes devero estar tecnologicamente apetrechadas para utilizar CDR e cumprirem os normativos legais relativos incinerao e co-incinerao de resduos e aos especficos de cada sector.


O CDR produzido dever possuir as caractersticas ideais para a maximizao do rendimento trmico da sua combusto, baixo efeito de corroso dos rgos da caldeira e baixos nveis de emisses. Os processos de produo de CDR, tambm devero ser criteriosamente seleccionados. 

 
Gesto Global e Integrada de Resduos